quinta-feira, 23 de junho de 2016

Aquelas conversas na cozinha

Por mais que você fuja, um dia seus traumas vão bater inesperadamente na sua porta e pedir um abraço e uma solução. Ah eu sei, eles vão ficar te esperando no portão numa dessas tardes frias de Junho e implorar pra entrar. E eles entrarão. Você irá acolhe-los com seu melhor sorriso, oferecer café e cobertor e na hora do jantar vocês chorarão juntos na mesa da cozinha, ainda tentando fugir dessa conversa abafada há tantos anos. 
Tudo acontecerá muito rápido. Vocês estarão falando animadamente sobre algumas lembranças do passado e sem querer vão esbarrar naquela ferida que nunca cicatrizou, mas que também já não incomoda. De repente, aqueles olhos que você tanto ama estarão cheios d'água e aquele rosto envelhecido e preocupado transbordará uma séria de pedidos de perdão. Sua vontade será de gritar, correr e abraçá-lo imediatamente, dizer que não há nada para ser perdoado, que não quis magoá-lo e que está tudo bem, dar colo pra quem sempre foi colo, mas você não fará nada disso. Adultos, como somos mesquinhos de sentimentos. 
Eu apenas o olhei com ternura e pedi que parasse, que tudo já tinha se resolvido e que não queria que a conversa fosse para esse lado. Essa frieza, adquirida com os anos, custou caro, mas às vezes é necessária para que todos possam seguir em frente. Mudamos de assunto e agimos mais uma vez como se aquele momento e aquele passado nunca tivessem ocorrido. Mais tarde fiquei repassando a cena no chuveiro. Não há mais nada a ser perdoado, o que falta mesmo é superar. 

terça-feira, 21 de junho de 2016

29 resoluções de aniversário

1 - De agora em diante prometo cuidar mais de mim. Incluindo dieta balanceada, algum exercício fisíco e cremes antissinais para a pele, haha ( sim, eu estou ficando velha mesmo)
2 - Já passou da hora de aprender a cozinhar pra valer. Eu queria já saber fazer pão, por exemplo
3 - No mínimo, ler um livro à cada dois meses
4 - Voltar a estudar. Inglês pra começar e depois uma pós, mestrado, etc.
5 - Voltar a escrever, qualquer coisa, pra exercitar mesmo
6 - Não tem pressa, mas ainda vou aprender a tocar bateria
7 - Visitar meus amigos pelo menos uma vez por mês e estar mais próxima da família
8 - Viajar pra outro país, assim que possível
9 - Falar menos palavrão (especialmente perto do João Guilherme)
10- Manter a calma
11 - Parar de roer as unhas e soltar mais o cabelo
12 - Ser mais gentil e feminina ( Desculpem, eu sou grossa e me comporto como um menino às vezes, não vejo problemas nisso, mas de fato um pouco mais de gentileza e feminilidade não me fará mal)
13 - Tomar aquele porre prometido
14 - Refazer uma playlist para ouvir no carro
15 - Organizar álbuns de fotografias. O João vai gostar disso
16 - Agradecer mais por todas as coisas
17 - Ir mais a igreja
18 - Ser mais organizada com meus horários
19 - Doar. Roupas, brinquedos, calçados, sangue... Praticar o voluntariado pra valer
20 - Voltar a fazer terapia e resolver de uma vez aqueles velhos traumas
21 - Organizar as finanças =/
22 - Ir a algum lugar diferente sempre que possível
23 - Experimentar alguma comida ou bebida diferente sempre que possível
24 - Relaxar mais 
25 - Ter um cachorro
26 - Plantar uma horta e aprender a cuidar das minhas flores
27 - Aprender a costurar
28 - Levar a vida mais de boas, ficar em paz...
29 - Aproveitar cada minuto ao lado do João e do Alison e simplesmente ser feliz!